Your browser version is outdated. We recommend that you update your browser to the latest version.

Conteúdo

ALFA Vintage - 2015

 

    No dia 30 de Maio realizou-se mais um evento Alfanord, denominado Alfa-Vintage.


    Acompanhados sempre por um belo dia de sol e uma leve brisa refrescante, algumas dezenas de Alfa-Romeo deram início à prova de regularidade, com partida da marina do Freixo e chegada ao imponente castelo de Sª Mª da Feira. A partida do primeiro carro foi dada às 10.30h em ponto, sendo a fase inicial do percurso feita pela bela marginal, encostada ao rio Douro, seguida da travessia da barragem de Crestuma, passagem por Canedo, Pigeiros, Escapães e finalmente Sª Mª da Feira.

 

    Após uma sequência fotográfica de todos os concorrentes, com o castelo de pano de fundo, os carros desceram ao centro histórico da cidade, onde ficaram expostos ao público até às 17h, sempre debaixo de olho de um agente da PSP, não vá o diabo tecê-las.

    Entretanto, os sócios deliciaram as suas barriguinhas na agradável esplanada do restaurante Taberna do Xisto, onde o bom convívio foi a nota dominante. Após entrega dos trofeus relativos à Prova de regularidade e à eleição da “La Piu Bella Macchina”, chegou a altura de dizer adeus a esta bela cidade medieval e levar “os meninos” para casa.

 

J. C. Lourenço

 

 


  

DIA ALFANORD - 10º Aniversário

       25 de abril, dia de grande simbolismo nacional, foi o dia escolhido para mais um evento do clube: o Dia Alfanord.

      O dia amanheceu um pouco tristonho, o que não impediu que cerca de 27 Alfas de todas as idades e modelos se lançassem em busca da pousada do Marão, lugar de encontro e de partida conjunta para o itinerário delineado pelo clube.

      Após alguns cumprimentos, abraços e um café nesta bela pousada, a caravana, orientada pelo amabilíssimo Eng.º Francisco Santos, dirigiu-se à quinta do Licor, em Santa Marta de Penaguião. Aqui fomos recebidos gentilmente pelo seu proprietário, Eng.º Vaz de Carvalho, que após uma explicação detalhada da produção vinícola, nos brindou com uma deliciosa degustação de vinhos e queijos, entre outras coisas.

      Com o sol a expressar um leve sorriso, a caravana Alfa seguiu por entre belos vinhedos em direcção à Régua, mais propriamente a S. Leonardo de Galafura, lugar tão querido do nosso grande escritor Miguel Torga. Aí esperava-nos uma deslumbrante e indescritível paisagem sobre o Douro e um acolhedor restaurante, onde a simpatia do seu pessoal, o cabrito e os vinhos Vaz de Carvalho foram a nota dominante durante toda a tarde. Enquanto cá fora, o tempo entristecia, lá dentro vivia-se um clima de alegria, com a distribuição dos vários troféus pelos sócios. O momento mais esperado foi a celebração dos 10 anos do clube, no qual o presidente José Cardoso fez as honras, partindo o alusivo bolo, acompanhado de um belíssimo espumante.

      Aproximava-se o final do dia, altura de regressar a casa, depois de momentos tão bem passados.

 

J. C. Lourenço

 


 

 Viagem pelo Passado

    21 de Março foi o dia escolhido para dar início às actividades do nosso clube, com o evento “Viagem pelo passado”, cujo objectivo principal era dar a conhecer a todos os que quiseram participar, duas excelentes mostras de automóveis e motos, localizados no concelho de Vila Nova de Famalicão.

    Da parte de manhã e sempre acompanhados por um sol amigo, visitamos o museu António Augusto, situado no coração da cidade de Famalicão, guiados pelo seu simpático proprietário Engº Campos Costa, que nos mostrou uma colecção ímpar de belos e raros modelos de automóveis e motos, repletos de simbologia.

    Após esta visita, dirigimo-nos, em caravana Alfista, à zona industrial de Ribeirão, onde deliciamos um suculento almoço no restaurante Pinto.

    Da parte da tarde e sempre orientados pelo amabilíssimo Engº Amadeu Hermínio Mello e Silva, visitamos o museu Ferroviário, situado na localidade de Lousado e os museus da Guerra Colonial e do Automóvel Antigo localizados em Ribeirão.

    Foi sem dúvida um dia motivante e enriquecedor, onde pudemos usufruir de um contacto privilegiado com as máquinas dos nossos sonhos.

 

                                                                                                                                J.C.Lourenço